Um dos locais mais importantes para se pensar em iluminação é o escritório. Geralmente, ele é o local onde se passa mais horas do dia. Por conta disso, a iluminação do local tem que ser muito bem pensada e planejada para que não haja um desgaste, tanto visual, como psicológico. E para que o seu tempo de trabalho não seja atrapalhado por uma iluminação mal planejada.

Por conta disso, trouxemos hoje alguns pontos principais que devem ser levados em consideração quando for à hora de fazer o projeto de iluminação para escritórios.

Luz natural

Antes de começar a falar da iluminação artificial, é preciso pontuar a importância da luz natural em um escritório. Ficar oito horas dentro de quatro paredes totalmente vedadas e sem ventilação alguma não é o ideal para se trabalhar. Por isso, janelas são extremamente importantes nesses ambientes.

Além de servirem como fontes de ventilação, também funcionam como auxiliares na hora de iluminação. A dica aqui é: se não quiser ficar com tanta iluminação em horários de pico, um blackout na janela resolverá isso rapidamente.

Invista na iluminação difusa

A iluminação direta pode ser a grande vilã do seu projeto de iluminação para escritórios. Esse tipo de iluminação pode gerar calor, estresse, vistas cansadas, e acabar atrapalhando a produtividade do funcionário.

O ideal é planejar o seu ambiente utilizando a iluminação difusa. Por isso, o projeto de iluminação é extremamente importante. Ele é a ligação entre a disposição dos móveis e funcionários e da utilização ergonômica da iluminação.

A iluminação difusa tem como propósito iluminar o ambiente de forma uniforme, assim você não terá focos de luz que acabaram atrapalhando ou refletindo em papéis e etc.

A dica aqui é utilizar as lâmpadas de LED no ambiente. De preferência as lâmpadas frias, pois possuem uma temperatura baixa e ajudam a compor uma iluminação mais aberta e homogênea. Além disso, as lâmpadas de LED têm uma boa intensidade luminosa, e o melhor de tudo, são muito econômicas.

Posição das luminárias

Estar atento à posição dos focos de luz é primordial para o bom funcionamento do seu escritório. Uma luminária mal posicionada poderá gerar um desgaste para a produtividade do seu funcionário.

O ideal aqui é não colocar luminárias perto o suficiente dos monitores, para que não haja um reflexo extremamente incômodo.

A dica aqui é utilizar luminárias de mesa ajustáveis, assim você controlará para onde o foco deve ir. E no teto, o ideal é investir em luminárias que distribuem a luz de forma uniforme. Assim você manterá a produtividade do seu escritório, e manterá o local aconchegante e iluminado.

Utilize iluminação decorativa

A iluminação decorativa é muito importante no projeto para iluminação de escritórios. É ela que será a responsável por dar aquele toque especial ao seu local de trabalho. A iluminação funcional é importante, mas a decorativa também tem seu valor. Spots bem localizados dão ao ambiente um requinte a mais, e contribuem para a funcionalidade do local.

Fitas de LED também são uma boa opção, são artigos simples que deixam o ambiente moderno e iluminado na medida certa. Lembrando que a iluminação decorativa é secundária, e por isso ela não elimina a utilização de uma iluminação difusa e bem distribuída no ambiente.


E então, gostou das dicas? Tem mais alguma coisa que você acha que precisa entrar no projeto de iluminação para escritórios? Conta pra gente nos comentários.

 

Escrito por Equipe G-light
A G-Light é atualmente uma das maiores empresas de iluminação do país. Além, de investir em inovação, preza pelo desenvolvimento de soluções em iluminação que agreguem economia, design atrativo, qualidade e tecnologia sustentável sempre buscando a satisfação do cliente. Aqui você encontrará dicas, informações e curiosidades sobre iluminação.