Cada ambiente pede um tipo de iluminação diferente, alguns tendem a ser mais aconchegantes que outros. No projeto de iluminação pode se usar lâmpadas de LED, abajur, luminárias, entre outros tipos de iluminação. Conversar com um designer de interiores ou arquiteto antes de mudar a iluminação da sua casa é a melhor forma de começar a ver qual pode ser a maneira correta de aproveitar os espaços da casa para receber uma iluminação que não prejudique a decoração, não esquecendo do jardim e da fachada. Será a iluminação que vai dar o toque final e deixar a casa mais sofisticada.

Lustre lateral

A casa deve ter um projeto pensado para ela como um todo, sendo escolhidas peças que combinem com o ambiente da casa. Por exemplo: um lustre lateral encaixa em uma sala com cores leves como bege, iluminando bem o ambiente e deixando o ambiente agradável.

Lustres grandes

São ideais em espaços amplos, onde o lustre fica na medida certa, e causa um ótimo efeito estético colocar uma mesa de jantar ou de centro.

Leia também: Luminárias: Conheça e aprenda a escolher os melhores modelos!

Dois lustres no mesmo lugar é demais?

Ter dois lustres no mesmo lugar vai te garantir uma iluminação dobrada. Por outro lado, se o motivo for iluminação pode-se optar por uma dupla de lustres com cúpulas de tecidos, assim distribuindo bem as luzes e tornando as luzes do cômodo escolhido leves esteticamente e potentes ao mesmo tempo.

O simples as vezes também pode ser bom

Usar luminárias pequenas pode ser uma boa alternativa. As luminárias pequenas tendem a combinar com um ambiente discreto. Uma sala em tons de cinza e branco pode ser uma ótima escolha para fazer o casamento perfeito entre a luminária e o cômodo da casa.

Leia também: 4 jeitos de usar luminárias pendentes na decoração!

Rasgos de luz

São uma das principais tendências para 2018. Os rasgos de luz acontecem no gesso; cria-se uma abertura que lembra raios de luz no teto, trazendo uma tendência futurista para a casa.

iluminação-decorativa-7

Lâmpadas retrô

As lâmpadas retros que são feitas com filamento de carbono e vidro âmbar estão cada vez mais em alta nas casas. A tendência retrô vem conquistando cada vez mais adeptos e as lâmpadas com um visual mais vintage estão juntas nesta febre. Elas se encaixam em ambientes com uma decoração com ar mais antiquado e ambientes em tons mais claros.

iluminação-decorativa-6

Fitas de LED 

As velhas conhecidas fitas de LED mostram que a tendência esta mais viva do que nunca e vêm ganhando espaço nas casas e nas tendências para uma boa iluminação decorativa.

Leia também: Como conservar suas lâmpadas de LED

Fitas Neon

Sendo utilizadas em fachadas e letreiros, as fitas neon são uma tendência que cresceu no último ano e promete se manter neste ritmo para 2018.

Vidro, couro e a mescla de materiais. 

São peças inspiradas nas luminárias dos anos 50 e 60, com vidros metalizados em cobre, bronze e prata.

Temperaturas

Você sabia que pode mudar as cores do ambiente, com um jogo de luzes? Com uma mistura de luzes de diferentes temperaturas de cor, gera-se essa experiência, que pode interferir diretamente no humor das pessoas que frequentam a casa e também na aparência do cômodo, dando uma aparência mais agradável e mais profundidade ao local.

Automação e LED

Proporcionando conforto e trazendo eficiênci com um projeto luminotécnico sofisticado, a dobradinha automação e LED vêm sendo uma parceira forte para casas este ano, ajudando principalmente a equilibrar o consumo de energia.

Leia também: Arquitetura: Boa iluminação é indispensável para projetos

Você sabe diferenciar cristais de lustres?

Dependendo da origem, e de como foi lapidado, os cristais criam reflexos e raios coloridos mais fortes ou mais discretos, e o acabamento e qualidade tendem a variar.

O que utilizar para decorar os quartos das crianças

Apostar no uso dos plafons para os quartos dos bebês é uma das tendências para 2018. Discretos e elegantes, possuem diferentes tonalidades de iluminação. São versáteis, podendo gerar luminosidade direta ou indiretamente.

Arandelas e o romantismo que sua casa precisa

As arandelas encaixam-se bem em escadas, quartos, salas, e banheiros. As luzes também podem dar um clima romântico, com a suavidade que ela transmite esteticamente. Boa parte das arandelas transmitem luzes indiretas, o que passa a sensação de suavidade pelo a ambiente.

Onde usar o abajur na decoração

Essa é uma duvida que a maioria das pessoas possuem: decidir onde colocar os abajures. O grande objetivo da peça é fazer uma iluminação confortável e leve, combinando com outras luzes da casa. O ideal é combinar com as fontes artificiais de luzes, como lustres, arandelas, entre outras. O mais recomendado é colocar o abajur em peças de cúpulas claras, combinando assim com a sutilidade proposta pelo abajur. Colocar em locais que você faz suas leituras pode ser uma boa. A luz do abajur não incomoda na leitura do livro e auxilia na iluminação ao não precisar acender, por exemplo, as outras luzes do quarto ou sala. Pode-se dizer que o abajur se adapta a qualquer lugar que se queira fazer uma decoração mais intima e clássica e leve.

Leia também: As 4 melhores dicas para acertar na iluminação geral!

A cerâmica vem se tornando uma nova opção

A cerâmica vem tomando força na iluminação. Uma opção até então inovadora e pretensiosa, oferecendo a oportunidade de deixar seu estilo na iluminação de cada cômodo que a cerâmica será utilizada. É recomendada que seja utilizada, em locais com cores leves, para que se torne algo naturalmente conectado ao ambiente.

Conclusão

As dicas de decoração são inúmeras e os resultados os mais diversos possíveis. Brincar com luzes e cores pode reinventar até o mais simples dos ambientes. Que tal tentar você mesmo?

 

Escrito por Equipe G-light
A G-Light é atualmente uma das maiores empresas de iluminação do país. Além, de investir em inovação, preza pelo desenvolvimento de soluções em iluminação que agreguem economia, design atrativo, qualidade e tecnologia sustentável sempre buscando a satisfação do cliente. Aqui você encontrará dicas, informações e curiosidades sobre iluminação.